Notícias

Montenegro introduziu novas medidas contra a pandemia

Podgorica, 12 de janeiro (bbabo.net)

Preços mundiais do petróleo caem graças às negociações nucleares EUA-Irã

As autoridades de saúde montenegrinas adotaram novas medidas de combate à pandemia de KOVID-19, que entram em vigor de 13 a 19 de janeiro. Nos próximos sete dias, a travessia das fronteiras do país será possível se pelo menos uma das quatro condições do certificado digital da UE for atendida. A saber: se a pessoa foi totalmente vacinada contra o coronavírus e não passaram mais de seis meses desde que recebeu a última dose da vacina; na presença de um teste PCR negativo com menos de 72 horas; teste rápido de antígeno negativo realizado em até 48 horas; evidência de infecção por coronavírus, menos de 10 dias e não mais de seis meses após o resultado positivo ter sido registrado.

Ginásios e centros vão trabalhar na apresentação do certificado digital KOVID da UE e na condição de disponibilizar um espaço de 10 metros quadrados por pessoa. As visitas a advogados e peritos forenses no exercício das suas funções são permitidas com um certificado digital da UE.

Foi proposto prolongar o feriado por sete dias para que o ano letivo comece em 31 de janeiro em vez de 24 de janeiro, mas a decisão final será tomada pelo Ministério da Educação, Ciência, Cultura e Esportes montenegrinos.

Montenegro introduziu novas medidas contra a pandemia