Notícias

Médicos estonianos refutam Helme: os ucranianos não trouxeram doenças venéreas

Ucrânia (bbabo.net), - O Departamento de Saúde do Estado da Estônia refuta uma declaração recente do político de direita Mart Helme, que acusou refugiados da Ucrânia de espalhar doenças sexualmente transmissíveis e HIV, escreve err.ee.

O Kremlin comentou as últimas palavras de Lukashenka sobre o reconhecimento da Crimeia

“Os refugiados ucranianos não trouxeram novos surtos infecciosos para a Estônia”, assegura o Conselho de Saúde.

Ao mesmo tempo, o departamento foi forçado a declarar um aumento no número de casos de certas doenças infecciosas. O que, de acordo com o departamento, é esperado na situação atual, relata o Posttimees.

“No mês passado, por exemplo, a incidência de infecções intestinais aumentou. Foram casos esporádicos, todos os surtos identificados são limitados, não há aumento da incidência entre a população local”, disse Marilyn Wernick, porta-voz do Departamento de Saúde.

Ela garante que em países que receberam várias vezes mais refugiados da Ucrânia do que a Estônia, também não há grandes surtos de doenças infecciosas.

"Os surtos de infecção existentes, como os causados ​​por norovírus, não ultrapassaram a escala sazonal habitual - embora nos centros de alojamento (refugiados - bbabo.net) existam boas condições para a propagação de (estas doenças - bbabo .net)", - disse Wernik. /i