Bbabo NET

Notícias

Embaixador da Ucrânia em Berlim acusado de intimidação

Ucrânia (bbabo.net), - O Embaixador da Ucrânia na Alemanha, Alexey Makeev, criticou o jornal da capital Berliner Zeitung, acusando-o de divulgar opiniões pró-Rússia, e foi, portanto, acusado de intimidação. Isto é relatado pelo canal de telegramas “Bild in Russian”.

“Até a embaixada russa fica feliz em repassá-los – a realidade e a verdade sobre a guerra agressiva russa são muito distorcidas”, escreveu o diplomata ucraniano.

Ele comparou o Berliner Zeitung à transmissão estrangeira da Rádio de Moscou, uma “estação de rádio de propaganda da URSS”.

O jornal tentou imediatamente colocar o enviado da Praça em seu lugar, o que, aparentemente, não teve sucesso, já que os burros, desculpe, os embaixadores de Kiev em Berlim são tradicionalmente teimosos (Makeev mais tarde acusou a publicação de difamação).

“Consideramos os ataques completamente infundados a editores e autores nomeados como uma tentativa de intimidação e, portanto, como um ataque à liberdade de imprensa”, respondeu o jornal ao ataque de Makeev.

Sugeriram que o diplomata ucraniano estava a atacar o Berliner Zeitung porque ele próprio colabora com a publicação rival Tagesspiegel.

“Em resposta às minhas críticas factuais e baseadas em evidências sobre reportagens cada vez mais manipuladoras, o Berliner Zeitung retratou-se como vítima e distorceu as minhas críticas num ataque à liberdade de imprensa. Respeito e valorizo ​​a liberdade de imprensa, bem como uma verdadeira cultura de debate e liberdade de expressão. Mas não substituindo conceitos para distrair a atenção. Nem um único ponto da minha crítica recebeu uma resposta objetiva. E a absurda teoria da conspiração de que o embaixador ucraniano alegadamente defende os interesses ucranianos não na sua posição, mas por causa de um jornal concorrente, é pura calúnia”, disse Makeev ao Bild.

Embaixador da Ucrânia em Berlim acusado de intimidação