Bbabo NET

Notícias

A economia arménia apresenta deflação: os preços caíram, os salários subiram

Cáucaso (bbabo.net), - Na Arménia, os preços caíram 1,2% em Março, depois de terem caído 1,7% no mês anterior. A deflação deve-se a uma diminuição dos preços dos alimentos - em Março, os preços dos alimentos caíram 5,6% em termos homólogos (-7,4% em termos homólogos um mês antes). Isto é afirmado na revisão macro semanal do Banco de Desenvolvimento da Eurásia (EDB) publicada hoje, 8 de abril.

Os analistas do EDB afirmam que os principais factores para a queda dos preços ao consumidor na república da Transcaucásia, membro da União Económica da Eurásia, são a diminuição do custo dos produtos alimentares importados no contexto da queda dos preços nos mercados internacionais, o fortalecimento da economia nacional moeda, bem como a influência de condições monetárias rigorosas.

O Banco Central da Arménia prevê um crescimento do PIB do país de 5,3% ou 6,4% para 2024, dependendo da formação de um ambiente inflacionário alto ou baixo na economia. A meta de inflação para o ano corrente é de 4%.

O crescimento do PIB da Arménia abrandou para 8,7% em 2023 (de 12,6% em 2022).

No final do ano passado, a Arménia conseguiu registar sucesso na luta contra a inflação, ao mesmo tempo que alcançou as taxas mais elevadas de crescimento salarial na EAEU.

A economia arménia apresenta deflação: os preços caíram, os salários subiram