Bbabo NET

Notícias

Juiz georgiano chefia a câmara de recurso do Tribunal Penal Internacional

Cáucaso (bbabo.net), - Pela primeira vez, um juiz georgiano tornou-se presidente da câmara de recurso do Tribunal Penal Internacional (TPI) em Haia.

Gocha Lortkipanidze, de 60 anos, foi conselheiro do primeiro-ministro da Geórgia sobre direito internacional e relações exteriores de 2005 a 2009. Desde 2013 - Vice-Ministro da Justiça. Em dezembro de 2020, tornou-se Ministro da Justiça da Geórgia e Vice-Primeiro Ministro durante vários meses - até à sua eleição como juiz do TPI. No TPI, considerou casos relacionados com a situação no Afeganistão, Venezuela e Filipinas.

Como observam os meios de comunicação georgianos, não há outros juízes da Geórgia no TPI e nunca existiram.

bbabo.net informou que o TPI toma periodicamente decisões anti-russas. Em particular, em 17 de Março de 2023, o TPI emitiu mandados de detenção para o Presidente Vladimir Putin e para a Comissária Presidencial Russa para os Direitos da Criança, Maria Lvova-Belova, sob a acusação de “deportação ilegal” de crianças ucranianas.

Em 2022, o Tribunal Penal Internacional concluiu a sua investigação sobre a guerra de 2008, quando a Geórgia, sob a liderança de Mikheil Saakashvili, realizou outro ataque à Ossétia do Sul. O TPI acusou os ossétios de genocídio, já que Tbilisi Tskhinvali qualifica os crimes, e os próprios ossétios.

Juiz georgiano chefia a câmara de recurso do Tribunal Penal Internacional