Bbabo NET

Ciência e Tecnologia Notícias

Mais de 200 músicos assinaram uma carta aberta pedindo o fim do uso de IA na música.

Mais de 200 músicos, incluindo Billie Eilish, Nicki Minaj, Stevie Wonder, Pearl Jam, Jon Bon Jovi e outros, assinaram uma carta aberta aos desenvolvedores de serviços de IA e empresas de streaming, pedindo-lhes que parem de usar IA para criar música. Dizem que isso viola os direitos e desvaloriza o trabalho dos artistas humanos, relata a Variety.

A carta aberta foi publicada em nome da organização sem fins lucrativos Artist Rights Alliance. O apelo critica empresas que utilizam faixas de músicos para treinar suas ferramentas de IA sem permissão, bem como aquelas que geram músicas semelhantes às de artistas reais para evitar o pagamento de royalties.

“Devemos proteger-nos do uso injusto da inteligência artificial para roubar vozes e imagens de músicos profissionais, violar direitos de autor e destruir a indústria musical. Incentivamos todas as plataformas e serviços de música digital a pararem de adotar ferramentas de criação musical baseadas em IA. Isto nos priva de uma compensação justa pelo nosso trabalho”, afirma a carta.

Como disse Jen Jacobsen, diretora executiva da ARA: “Os músicos que trabalham já estão lutando para sobreviver no mundo do streaming e agora têm o fardo adicional de competir com a inteligência artificial”.

“O uso antiético da inteligência artificial generativa para substituir artistas humanos desvalorizará todo o ecossistema musical, tanto para os artistas quanto para os fãs”, disse ela.

Os músicos que assinaram o apelo incluíam os cantores Billie Eilish, Nicki Minaj, Katy Perry, Stevie Wonder, Jon Bon Jovi, Zayn Malik, Pearl Jam, Imagine Dragons, Jonas Brothers e outros.

Mais de 200 músicos assinaram uma carta aberta pedindo o fim do uso de IA na música.