Esporte Notícias

Lenda do hóquei no gelo canadense Guy Lafleur morre aos 70 anos

MONTREAL: O ícone canadense do hóquei no gelo Guy Lafleur, apelidado de "A Flor" e "O Demônio Loiro" durante sua carreira no Montreal Canadiens na década de 1970, morreu sexta-feira de câncer de pulmão aos 70 anos, anunciou sua família. A notícia provocou uma enxurrada de homenagens, inclusive do primeiro-ministro canadense Justin Trudeau, que disse ser “diferente de qualquer outra pessoa no gelo”. “Sua velocidade, habilidade e pontuação eram difíceis de acreditar. Um recordista e cinco vezes campeão da Stanley Cup, ele inspirou inúmeros quebequenses, canadenses e fãs de hóquei em todo o mundo. Sentiremos sua falta, número 10”, tuitou Trudeau. Lafleur continua sendo um dos artilheiros mais prolíficos de todos os tempos com os Canadiens, marcando 518 gols - um feito superado apenas por Maurice Richard com 544. Ele ajudou a impulsionar o clube ao topo da Liga Nacional de Hóquei (NHL), vencendo a Copa Stanely cinco vezes. Ele se tornou o primeiro jogador a marcar 50 gols em uma única temporada da NHL – e entre 1975 e 1980, ele repetiu o feito cinco vezes. Mas ele surpreendeu a todos ao se aposentar do jogo em 1984, aos 33 anos.

O Kremlin comentou as últimas palavras de Lukashenka sobre o reconhecimento da Crimeia