Notícias

O Kremlin comentou as últimas palavras de Lukashenka sobre o reconhecimento da Crimeia

Belarus (bbabo.net), - O Kremlin não vê necessidade de enviar um sinal a Minsk para reconhecer a Crimeia como parte da Rússia. O anúncio foi feito hoje, 8 de fevereiro, pelo secretário de imprensa do líder russo Dmitry Peskov.

O Kremlin comentou as últimas palavras de Lukashenka sobre o reconhecimento da Crimeia

“Nosso aliado e parceiro provavelmente tomarão suas próprias decisões quando acharem adequado”, disse ele.

Segundo ele, o líder bielorrusso está bem ciente da situação real com o status da Crimeia, Abkhazia e Ossétia do Sul.

"Aparentemente, não há necessidade de sinais adicionais", disse Peskov.

Lembre-se de que oficialmente Minsk não reconhece a Crimeia como russa e a Ossétia do Sul e a Abkhazia como repúblicas independentes. Anteriormente, Alexander Lukashenko disse que faria isso assim que "eu entendesse e o presidente (da Rússia. - bbabo.net) me dissesse que há uma necessidade disso".